quinta-feira, 31 de dezembro de 2020

celebrar e agradecer


_ Um novo ciclo começa/  Amor, Paz , Empatia e União. 
Nossa linda Terra retribuirá .
Desejo Perfeito 'Novo Ano' para os amigos ,com Saúde e Realizações . 
2020/2021

segunda-feira, 28 de dezembro de 2020

reencontrando


"Viajar , se não cura a melancolia, pelo menos , purifica .

Afasta o espírito do que é do supérfluo ,e o corpo reencontra a harmonia perdida

 _ entre o homem e a terra."

Al Berto

simplesmentelis, outro blog

segunda-feira, 21 de dezembro de 2020

luzes


"Nada é mais Natalino que o nascimento da luz,
Em cada dia, em cada semana, do mês, da década
numa engrenagem interna que gira e oferece a oportunidade de renovar 
Agindo. "

Ives Pietro

simplesmentelis, outro blog 
Vou dar uma escapadinha e volto para brindar o Novíssimo Ano, aqui. com vocês.
E claro , todos com esperança de renovação em todos os níveis, principalmente no que tem nos inquietado tanto _ a Saúde .
Beijinhos e Feliz noite de Natal !

quinta-feira, 17 de dezembro de 2020

serenidade nesse Natal ...

 'Quero estar onde em jardins
 serpenteiam riachos
_onde o incenso das plantas
aromatize os ares...'

Oi amigos ,

O relógio girando indica que o Ano está indo embora. Um ano nunca imaginado por ninguém  _ inquietações, dúvidas e muitas perdas.

O Natal passa a ser um desafio a mais.

Queremos muito que o poeminha acima seja real nas nossas vidas, nossos jardins floresçam e as plantas encham os ares de bons fluídos.

É a época de desejar felicidade e serenidade  as pessoas que amamos_  que as celebrações sejam cuidadosas para que no próximo Ano  possamos aglomerar sem medo e sem vírus.

Desejo uma noite de Paz a todos que aqui deixam  mensagens, me fazem companhia e celebram comigo todas as estações_ o ano inteiro.

E, continuemos assim, trocando afetos apesar das distâncias.

 (por ora tão festejadas)

Nunca importou tanto um abraço como agora, aqui  vamos 

continuar abraçando-nos.

Muito bom ter vocês!

Obrigada e um 2021 sereno e bonito.

outro blog, simplesmentelis 

segunda-feira, 14 de dezembro de 2020

diálogo íntimo


"Pertence-te
ser homem, afirmar
todos os dias que tens
um compromisso: ser claro
e brando como a luz
e, como ela, necessário. E não deixar
crescer à tua porta
ervas daninhas"

Albano Martins

simplesmentelis, outro blog 

domingo, 13 de dezembro de 2020

aos domingos

            

Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu;

 e o principado está sobre os seus ombros; e o seu nome será:

 Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz."

Isaías 9.6 

terça-feira, 8 de dezembro de 2020

tempestade interna

                                                                     " ...não passava de uma chuva repentina,

mas aqui dentro soava como uma tempestade.
( ... )
Vou ter que fingir que alguém está segurando a minha mão."


Clarice Lispector

outro blog, simplsmentelis

segunda-feira, 7 de dezembro de 2020

resistência

'Esta aí alguém ?

Nenhuma resposta. Silêncio, apenas.
Não te vejo e, contudo, pressinto que estás aí…. por isso escrevo.
Escrevo e apago. Escrevo e apago.
Escrevo e apago."

Manuel Jorge Marmelo

simplesmentelis, outro blog

domingo, 6 de dezembro de 2020

aos domingos


"O temor do Senhor é o princípio da Sabedoria.'
Provérbios 1.7

 outro blog, simplesmentelis

quinta-feira, 3 de dezembro de 2020

recado


"Manda-me verbena ou benjoim no próximo crescente
e um retalho roxo de seda alucinante
     e se puderes mais, 
manda violetas
(margaridas talvez, caso quiseres)

manda-me Osíris no próximo crescente
um pentagrama, asas transparentes

manda-me tudo pelo vento: envolto em nuvens,
selado com estrelas tingido de arco-íris,
molhado de infinito

(lacrado de oriente, se encontrares)"

Caio Fernando Abreu
simplesmentelis, outro blog 

segunda-feira, 30 de novembro de 2020

instantâneos

 ... 

"nada se assemelha ao encontro do calor
que a brisa leva abrigado pelo fresco.
 
esta planície, as vestes
gestos vagos de cheiroso sândalo,
 
encontros preparados para a noite
lutas, pérolas e coragem:
 
três lâminas
aguçadas de surpresa.

 r.lino
  
simplesmentelis, outro blog 

domingo, 29 de novembro de 2020

mosaico, 20 e poucos


"Não somos o que fomos.

 Nem a mesma saúde, nem as mesmas ilusões, nem as mesmas vaidades. 

Mas sabemos distinguir o falso do verdadeiro, o sincero do insincero, 

e avaliar  o tesouro de cada afeto, 

a amplitude de cada pulsação. 

Dantes, devorávamos;  agora, saboreamos.

 Um minuto hoje vale uma hora de ontem.

 Aonde chegamos, 

chegamos em plenitude."


Miguel Torga

simplesmentelis outroblog

segunda-feira, 23 de novembro de 2020

sonhamos o voo

 "Somos assim.

 Sonhamos o voo, mas tememos as alturas. 

Para voar é preciso amar o vazio. Porque o voo só acontece se houver o vazio.

 O vazio é o espaço da liberdade, a ausência de certezas. 

Os homens querem voar, mas temem o vazio. Não podem viver sem certezas. 

Por isso trocam o voo por gaiolas. As gaiolas são o lugar onde as certezas moram.

São eles mesmos que constroem as gaiolas onde passarão as suas vidas."

Rubem Alves 


outro blog, simplesmentelis

quinta-feira, 19 de novembro de 2020

a ilha

"  Amar uma ilha é um verbo com dois tempos,

           o breve e o longo, 
o da passagem 
e o da permanência. 
                                        
 E cada tempo tem o seu segredo 
e o seu tesouro."

Helena Marques


simplesmentelis, outro blog

terça-feira, 17 de novembro de 2020

realidade


 Sermões e lógicas jamais convencem.
                                               O peso da noite cala bem mais fundo 
                                                               em minha alma…” 

                                                                             Walt Whitman

outro blog, simplesmentelis

domingo, 15 de novembro de 2020

aos domingos


 "Ora, a FÉ é o firme fundamento  das coisas que se Esperam, e 

 a Prova das coisas que se não Veem." 

Hebreus, 11.1

quinta-feira, 12 de novembro de 2020

delírio


(...) 
"Ausência, Ausência , escuta o meu protesto 
Contra a tua Força, Distância e Duração. 

Para os corações constantes  
Ausência é presença.

E o tempo espera..."



John Donne

outro blog, simplesmentelis

terça-feira, 10 de novembro de 2020

paralelas

 

"Dentro do carro
Sobre o trevo
A cem por hora, ó meu amor
Só tens agora os carinhos do motor

E no escritório em que eu trabalho
E fico rico, quanto mais eu multiplico
Diminui o meu amor

Em cada luz de mercúrio
Vejo a luz do teu olhar
Passo as praças, viadutos, nem te lembras de voltar 

No Corcovado, quem abre os braços sou eu
Copacabana, esta semana, o mar sou eu
Como é perversa a juventude do meu coração
Que só entende o que é cruel,  o que é paixão

E as paralelas dos pneus n'água das ruas
São duas estradas nuas
Em que foges do que é teu

No apartamento, oitavo andar Abro a vidraça e grito,

quando o carro passa

Teu infinito sou eu ."   

 Belchior 

( para saudar Vanusa)

simplesmentelis, outro blog 

sexta-feira, 6 de novembro de 2020

das floradas


"Quem não esperar pacientemente pelas sementes que lançar 
jamais provará a alegria de vê-las florir."

 Jose Tolentino Mendonça

simplesmentelis, outro blog

terça-feira, 3 de novembro de 2020

dize-me coisas ...

 "De que cor era o meu cinto de missangas, mãe
feito pelas tuas mãos
e fios do teu cabelo
cortado na lua cheia
guardado do cacimbo
no cesto trançado das coisas da avó

Onde está a panela do provérbio, mãe
a das três pernas
e asa partida
que me deste antes das chuvas grandes
no dia do noivado

De que cor era a minha voz, mãe
quando anunciava a manhã junto à cascata
e descia devagarinho pelos dias

Onde está o tempo prometido p'ra viver, mãe
se tudo se guarda e recolhe no tempo da espera
p'ra lá do cercado ."

Ana Paula Tavares
outro blog, simplesmentelis

quinta-feira, 29 de outubro de 2020

no caminho

Na primeira noite, eles se aproximam e colhem uma flor de nosso jardim

E não dizemos nada.

Na segunda noite, já não se escondem, pisam as flores, matam nosso cão.
E não dizemos nada.

Até que um dia, o mais frágil deles, entra sozinho em nossa casa,
 rouba-nos a lua, 
e, conhecendo nosso medo, arranca-nos a voz da garganta.

E  já não podemos dizer nada.

Maiakovski

outro blog, simplesmentelis

segunda-feira, 26 de outubro de 2020

corajosamente

"A Primavera torna-nos buliçosos,

os campos estão verdes e floridos  e a água transborda nos ribeiros."

Manuel Hermínio Monteiro

outro blog, simlesmentelis 

sexta-feira, 23 de outubro de 2020

falta dizer ,,,



"Ainda te falta dizer isto:

que nem tudo  que veio  chegou por acaso.

Que há flores que de ti dependem, 

que fostes tu que deixastes algumas lâmpadas acesas.

Que há na brancura do papel alguns sinais de tinta indecifráveis.

E que este é apenas um dos capítulos do livro

em que tudo se lê e nada está escrito."

Albano Dias Martins

outro blog, simplesmentelis

quarta-feira, 21 de outubro de 2020

... sem vento

“Ah! Lavadeira do rio  

Muito lençol pra lavar 

Fica faltando uma saia 

  Quando o sabão se acabar

Mas corra pra beira da praia
Veja a espuma brilhar

Ouça o barulho bravio
Das ondas que batem na beira do mar...”

( trecho musica Lenine) 

outro blog, simplesmentelis

segunda-feira, 19 de outubro de 2020

ritos


 "De onde eu venho nascem os rios

 nos nervos da terra

 correm certos para o mar ou perdem-se noutros lugares do tempo 

sem que ninguém os detenha 

Venho de muitos rios e um só mar o Atlântico 

Suas cores secretas 

a música erudita da praia 

a espuma lenta das redes ,de onde eu venho  há lá e cá. "


Ana Paula Tavares

simplesmentelis, outro blog

domingo, 18 de outubro de 2020

aos domingos

 


  "Porquanto, ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na videira ;
o produto da oliveira minta ,e os campos não produzam mantimento; 
as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, 
e nos currais não haja vacas, 
todavia, eu me alegrarei " 

Habacuque 3.17

segunda-feira, 12 de outubro de 2020

devaneio


            Seria bom se os dias seguintes se convertessem  em  Natal .

             _   "então nos  amaríamos e nos desejaríamos felicidades ininterruptamente,

 de manhã à noite, 

de uma  rua a outra rua, de continente a outro continente, 

de cortina de ferro a cortina de nylon

  _sem cortinas."

Carlos Drummond de Andrade

simplesmentelis, outro blog

quarta-feira, 7 de outubro de 2020

o jardineiro

   "Foi o tempo que perdeste com a tua rosa que fez a tua rosa tão importante."
Antoine Saint-Exupéry


outro blog, simplesmentelis 

terça-feira, 6 de outubro de 2020

tarefa

"Morder o fruto amargo e não cuspir  
mas avisar aos outros o quanto é amargo,
cumprir o trato injusto e não falhar
 mas avisar aos outros o quanto é injusto,
sofrer o esquema falso e não ceder
mas avisar aos outros o quanto é falso:
dizer também que são coisas mutáveis ...
_do amargo e injusto e falso _
então confiar à gente exausta
 o plano
de um mundo novo 
e muito mais humano."

Geir Campos

simplesmentelis, outro blog 

domingo, 4 de outubro de 2020

aos domigos


 'No amor não há medo, o perfeito amor lança fora o medo .'

I João 4.18

quarta-feira, 30 de setembro de 2020

sílabas da vida

"Andávamos pela calçada, livremente
e não tínhamos a convicção do que poderíamos viver.

Não era o que pensávamos. 
Não era o que sentíamos.
Não era o que sonhávamos.

Mas o dia corria e a fina areia que justificava o relógio do tempo 
invariavelmente caía
E quando se fez noite, esta veio de forma intensa e tenebrosa.
Não era o que pensávamos.
Não era o que sentíamos.
Não era o que sonhávamos.
Era o que temíamos.

Nos proparoxítonos dos tempos, a escuridão.
Nos paroxítonos das vidas, o silêncio.
Nos oxítonos da alma, o fim."

Luis Renato S.Costa
outro blog, simplesmentelis

segunda-feira, 28 de setembro de 2020

impasse


Senta aqui um pouco, sem ter pressa
Conta tudo, a hora é essa
Fala o que tem pra falar
Não é que eu 'to querendo do meu jeito
Eu me ajeito no seu jeito
Basta a gente conversar
Você diz que não E eu acho que sim .

Senta aqui um pouco."
(trecho de música,composição Ivan Medeiros) 
outro blog, simplesmentelis

sábado, 26 de setembro de 2020

não pare ...


"Criar é não se adequar à vida como ela é 
Nem tampouco se grudar às lembranças pretéritas
Que não sobrenadam mais.
Nem ancorar à beira-cais estagnado,
Nem malhar a batida bigorna à beira-mágoa.

Nascer de novo não é antes, 
não é ficar a ver navios,
 É depois, 
é nadar após se afundar e se Afogar.

Braçadas e mais braçadas até perder o fôlego.
Bombear gás do tanque de reserva localizado em algum ponto,
Do corpo
E não parar de nadar,

Nem que se morra na praia antes de alcançar o mar"

( ... )

Waly Salomão
simplesmentelis, outro blog

sexta-feira, 25 de setembro de 2020

metáfora do pato selvagem


(...)
“mentiras são necessárias”,  ou ilusões são precisas 
...
 
_visão e cegueira, 
idealismo e vulgaridade, verdade e mentiras.

"O escritor não esconde , é que o pato acaba por morrer 
tanto se ficar à tona e se deixar alvejar , 
como se mergulhar para fugir
 e se afogar no fundo do mar.

E
Esse niilismo latente que não deixa opção, senão a morte, 
seja 
com a verdade ou com a mentira.

Resumo:
Nunca há salvação para o pato selvagem."

(uma leitura sobre a peça teatral de Henrik Ibsen)
de Rita Mata Seta

simplesmentelis, outro blog



quarta-feira, 23 de setembro de 2020

lugar marcado

Sempre no mesmo lugar 
as cadeiras vazias questionam seu enredo.
Estão vazias dos que saíram cedo
ou daqueles que resistem em chegar? "

Flora Figueiredo


simplesmentelis, outro blog

segunda-feira, 21 de setembro de 2020

andando nas nuvens


"Caminhar em nuvens é
 o mais lento e duro aprendizado: 
 há de esquecer todo o peso terrestre e transformar
pedras em luz ,palavras em estrelas.

Caminhar em nuvens
É árduo ofício:
Há de pintar as mãos
e os gestos de azul 
e oferecer ao outro o mapa  da delicadeza."

Roseana Murray

simplesmentelis, outro blog

domingo, 20 de setembro de 2020

aos domingos

 " O amor seja não fingido.
Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem.
Alegrai-vos na esperança, sede paciente na tribulação ,
perseverai na oração."

Romanos 12.9.12

sexta-feira, 18 de setembro de 2020

pintura

"Eu sei que se tocasse 
com a mão aquele canto do quadro
onde um amarelo arde
me queimaria nele
ou teria manchado para sempre de delírio 
a ponta dos dedos"

Ferreira Gullar

simplesmentelis,outro blog

quarta-feira, 16 de setembro de 2020

coisas da vida

"Depois da estrada começa uma grande avenida
No fim da avenida, existe uma chance, uma sorte, uma nova saída.
são coisas da vida... e a gente se olha 
e não sabe se vai ou se fica."

Rita Lee
(trecho de 'coisas da vida')



( a foto não é minha _ até gostaria rs e não é meu feitio _não resisti e trouxe de um filme , com um prtSc)
outro blog, simplesmentelis